Siga-nos!

Mundo Cristão

“Rambo cristão”: o missionário que ministra em zonas de guerra

Dave Eubank realiza projetos em diversos lugares onde há guerras acontecendo

Publicado

em

David Eubank
Publicidade

A maioria dos cristãos não se disporia a viver com toda a sua família em alguns dos lugares mais perigosos do planeta. Porém, Dave Eubank decidiu usar sua longa experiência como militar para ajudar os necessitados e espalhar o Evangelho.

Mesmo sabendo que poderia ter uma aposentadoria tranquila, saiu das Forças Especiais do exército dos EUA. O marine conta que as zonas de guerra passaram a ser o seu chamado. Eubank contou um pouco de sua história no programa “Heróis Americanos”, da NRA TV. Descrito como um “Rambo cristão”, ele falou sobre as vezes que colocou sua própria vida em risco para auxiliar pessoas que nem conhecia.

Diretor da ONG humanitária e missionária “Free Burma Rangers”, nos últimos anos ele trabalhou no Iraque e na Síria. Seu resgate de uma menina em meio ao fogo cruzado com soldados do Estado Islâmico no ano passado lhe rendeu reconhecimento mundial. O vídeo dele orando para que Deus lhe desse proteção, antes de fazer a tentativa de resgate foi notícia em várias TVs do mundo.

O ex-soldado explica que sua motivação é fazer pelos outros o que Jesus fez por ele: libertar o oprimido. Para Eubank, as analogias bíblicas sobre o cristão ser um soldado não são por acaso. “A guerra pode resolver alguns problemas temporários, mas só a Bíblia pode resolver problemas eternos”, explica.

Durante 20 anos ele participou de combates pelo exército americano.  Até que um dia entendeu que devia largar tudo para ser um missionário. Falando sobre sua motivação, conta que usa todas as coisas que aprendeu como militar para e da Bíblia como cristão e colocou toda a sua energia para oferecer ajuda física, fornecendo alimentos e remédios, mas também salvando almas e trazendo esperança.

Publicidade

Atualmente, ele voltou a fazenr suas próprias “operações especiais” nas selvas de Mianmar, onde cristãos estão sendo massacrados por forças do próprio governo. Em diversas ocasiões, precisou usar sua arma para se defender, mas não pensa em desistir de seu trabalho. “Quando você realmente ama alguém, o medo deixa de existir”, garante.

Dave e sua família já viveram nas últimas décadas em algumas das áreas mais perigosas do mundo: Sudão, Síria,  Iraque e Mianmar. “Sempre nos baseamos nos princípios: ore com fé, aja com coragem e nunca desista”, encerrou.

Assista!

Trending