Siga-nos!

Sociedade

“Quero tornar o aborto impensável”, diz ativista com síndrome de Down

Frank Stephens mostra como sua vida é ótima e luta para que crianças com Down não sejam abortadas

Publicado

em

Frank Stephens
Frank Stephens. (Foto: Reprodução / C-SPAN)


O ativista com síndrome de Down, Frank Stephens, 37 anos, tem como objetivo fazer com que as pessoas desistam da ideia do aborto, sobretudo a morte de crianças que são diagnosticadas com Down e seus pais optam por interromper a gravidez.

“Sobre o aborto – não quero torná-lo ilegal, quero torná-lo impensável. Os políticos mudam as leis, eu quero mudar o coração das pessoas. Quero mudar a mente e o coração das pessoas”, disse no programa “Fox & Friends”.

Stephens tem falado abertamente contra uma nova lei em Nova York, que permite a realização do aborto até pouco antes do bebê nascer, já no terceiro trimestre da gestação.

“Nós falamos muito na mídia, nas últimas semanas, sobre o valor da vida … tem havido alguns políticos que são defensores do aborto até o terceiro trimestre. O que você diria para as mães que acabaram de descobrir que elas têm complicações ou que o filho delas pode nascer com síndrome de Down?”, questionou.



Publicidade
Publicidade