Siga-nos!

Sociedade

PSOL processa filhos de Bolsonaro e Malafaia por críticas a Jean Wyllys

Partido ameaça processar todos que “inventarem mentiras”

Publicado

em

Jean Wyllys
O deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) (Foto: Alex Ferreira/Câmara dos Deputados)


Por ter desistido do seu terceiro mandato como deputado federal, Jean Wyllys foi bastante criticado nas redes sociais e algumas teorias surgiram tentando justificar a saída do parlamentar do Brasil.

Diante do que foi falado nas redes, o PSOL resolveu abrir queixas crime contra várias pessoas, entre elas o vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (PSL), o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), o cantor Lobão e o pastor Silas Malafaia.

“Quem inventar mentira contra a gente pode preparar o bolso porque vamos processar”, afirmou o presidente do PSOL Juliano Medeiros.

Para defender Wyllys, o partido realizou um ato nesta terça-feira (29), na Faculdade de Direito da USP, em São Paulo, contando com a presença dos candidatos derrotados à Presidência Guilherme Boulos (PSOL) e Fernando Haddad (PT), entre outros.

O ato também serviu para reafirmar que o deputado desistiu do seu mandato por conta das ameaças e ligaram o presidente Jair Bolsonaro a elas, exigindo a punição dos assassinos da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ).



Publicidade
Publicidade