Siga-nos!

Política

Orar por autoridade virou propaganda eleitoral, ironiza Silas Malafaia

O pastor afirma que em nenhum momento o senador Lindbergh Faria teve a oportunidade de se pronunciar no culto

em

O Ministério Público Eleitoral do Rio de Janeiro está denunciando o pastor Silas Malafaia e o senador Lindbergh Farias por “propaganda eleitora antecipada” por conta da visita que o petista fez na igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) no início de outubro.

Ao saber da ação o pastor Silas Malafaia escreveu no Twitter: “Absurdo! Orar por autoridade virou propaganda eleitoral”. Em outra postagem o pastor escreveu: “A piada do ano! Ministério Público Eleitoral quer me multar por ter orado por Senador.”

O vídeo postado pelo jornalista Lauro Jardim, da coluna Radar On-line, mostra que o senador foi ao palco da ADVEC para receber uma oração, o que Silas Malafaia afirma fazer com todas as autoridades que visitam sua igreja.

No site Verdade Gospel o pastor também comentou a visita explicando que durante a participação de Lindbergh nos cultos não foi feito nenhuma campanha eleitoral.

O senador é candidato do PT para o cargo de Governador do Rio de Janeiro nas eleições de 2014. Os deputados Jean Wyllys (PSOL-RJ) e Anthony Garotinho (PP-RJ) criticaram a participação de Lindbergh no culto e alertaram sobre a motivação política que estaria por trás dessa visita.

Publicidade