Siga-nos!

Internacional

Presidente das Filipinas encoraja matar bispos: “não servem para nada”

Declarações soam ofensivas, já que 85% da população é católica.

Avatar

em

Rodrigo Duterte
Publicidade

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, voltou a atacar os bispos católicos. Classificando-os de “inúteis”, encorajou que eles fossem mortos.

“Os bispos de vocês, matem-nos. Esses bastardos não servem para nada. A única coisa que sabem fazer é criticar”, disparou Duterte na noite de quarta-feira (5), em um discurso na capital Manila.

Leia mais...

Continua depois da Publicidade

Ainda segundo o presidente, a Igreja Católica é a instituição “mais hipócrita do mundo” e insistiu que 90% dos seus sacerdotes são gays.

Nas Filipinas, 85% da população é católica.

Por sua vez, a Conferência dos Bispos Católicos das Filipinas minimizou: “Não queremos acrescentar mais lenha à fogueira.Qualquer comentário só exageraria o assunto”, afirmou seu porta-voz, Jerome Seciliano.

Duas semanas atrás, o presidente havia insultado os sacerdotes católicos, ao declarar aos filipinos que não deveriam ir à igreja para “fazerem papel de idiotas”.

Continua depois da Publicidade

Em julho, ele afirmou que Deus era um idiota, mas negou que seja ateu, dizendo acreditar em uma “mente universal”, que seria o Deus da Bíblia.

Publicidade