Siga-nos!

Internacional

Presidente da Argentina vai enviar ao Congresso projeto que descriminaliza aborto

Igreja convocou missa “a favor da vida”.

em

Alberto Fernández (Foto: Joka Madruga / Agência PT)

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, decidiu enviar ao Parlamento um projeto de lei para descriminalizar o aborto.

“Me desculpem, mas a hipocrisia nunca se deu bem comigo. Por isso, fiz a proposta de enviar uma lei que termine com a punição ao aborto e permita o atendimento de qualquer caso em hospital público”, disse ele em um evento em Paris.

Durante a campanha eleitoral Fernández já se mostrava favorável à interrupção da gravidez, tema que foi tratado também em seu discurso de posse em dezembro passado quando ele expressou seu apoio aos grupos feministas.

Em 2018, a Câmara da Argentina aprovou a legalização do aborto, mas o assunto foi derrotado no Senado.

A fala do presidente fez com que a Conferência Episcopal argentina marcasse para o dia 8 de março uma missa contra o aborto com o tema “Sim à mulher, sim à vida”.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE