Siga-nos!

Sociedade

Prefeito do Rio ‘contrata’ orixá

Publicado

em



Apesar do antagonismo em relação ao ex-prefeito Cesar Maia, o novo mandatário do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), resolveu recorrer emergencialmente a uma assessora da antiga gestão.

Seu “trabalho” será o monitoramento do volume das chuvas, visando a evitar novas enchentes como as que se abateram sobre a Cidade Maravilhosa na última semana. Mas não se trata de uma meteorologista, e sim, da médium Adelaide Scritori, dirigente da Fundação Cacique Cobra Coral (FCCC), que afirma ter o poder de controlar o tempo e desviar as tempestades.

Ela diz fazer isso através da incorporação de entidades como o próprio Cobra Coral, que, acreditam os adeptos, é o espírito de um grande chefe indígena do passado.

Preocupado com os efeitos do primeiro grande temporal de sua gestão, Paes, que semana passada percorreu até altas horas da madrugada as regiões mais atingidas da cidade, renovou o contrato que a Prefeitura manteve com a FCCC durante as duas últimas gestões de Cesar Maia (2001-2008). O convênio, que é totalmente sem custos para os cofres públicos, havia sido descartado pelo atual secretário de Obras e Serviços Públicos, Luiz Guaraná, por considerar que o município deveria priorizar investimentos reais na conservação da cidade.

Mas o orixá já voltou ao trabalho. O assessor especial da fundação, Osmar Santos, disse que a médium atuou emergencialmente nos últimos três dias na cidade.

E é bom a Prefeitura e a Defesa Civil ficarem em alerta, pois o Cacique teria previsto pelo menos mais 32 temporais semelhantes ao da última quarta-feira. 

fonte:  Cristianismo Hoje



Publicidade
Publicidade