Siga-nos!

Entretenimento

Porta dos Fundos mostra Jesus vingativo e torturador

Produção do canal volta a vilipendiar a fé cristã

Avatar

Publicado

em

Judas Iscariotes da Porta dos Fundos
Publicidade


O vídeo mais recente do grupo Porta dos Fundos, lançado nesta segunda-feira (24) faz um novo ataque ao cristianismo. Em “ELE VOLTOU”, Jesus é retratado como uma pessoa sádica, que tortura Judas após sua ressurreição.

O texto que acompanha a publicação diz: “Existe um livro que diz que as pessoas não deveriam se vingar, e sim deixar isso nas mãos de Deus. Esse livro também diz que Jesus também é Deus. E que Jesus iria voltar”.

Publicidade

Leia mais...

Não é novidade que alguns dos produtores do Porta são ateus e possuem um longo histórico de produções anticristãs. Agora eles tentam mostrar Jesus como uma pessoa vingativa e cheia de ódio, o oposto do que é descrito nos Evangelhos.

Embora o artigo 208 do Código Penal preveja punição para quem “Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso”, nenhum dos processos movidos contra o grupo até agora teve sucesso. A alegação sempre foi a de “liberdade de expressão”.

Publicidade

A produção de dois minutos é recheada de palavrões e mostra um encontro de vários apóstolos. Jesus, representado por Paulo Henrique Costa, um ator muito musculoso, vai até o local vingar-se de Judas Iscariotes (Rafael Portugal), que tenta justificar a traição.

Sem sucesso, enforca-se na presença de todos. Quando Cristo entra no local, realiza um tipo de tortura, ressuscitando-o toda vez que morre sufocado pela corda.

Nos comentários deixados no Youtube fica evidenciado, mais uma vez, que esse tipo de pretenso humor desagrada muitas pessoas em um país majoritariamente cristão. Também reflete o grande número de estímulos a produções que vilipendiem a fé alheia, em nome da “crítica social”. Assista aqui.




Gosta do nosso conteúdo? Considere ajudar nosso ministério! Saiba mais em apoia.se/gospelprime


Comente!
Publicidade
    Publicidade
    Publicidade

    Trending