Siga-nos!

vida cristã

Pesquisa mostra que pastores lutam com excesso de trabalho, nos EUA

Mais da metade dos pastores protestantes americanos disseram ter problemas com gestão de tempo.

em

Reunião de pastores da Convenção Batista do Sul (Foto: Reprodução/Baptist Press)

De acordo com uma pesquisa recente realizada pela Lifeway Research, nos Estados Unidos, pastores são chamados para pastorear mas muitos descobrem que estão sacrificando suas necessidades pessoais para cumprir suas responsabilidades no ministério.

A pesquisa pediu a cerca de 1.000 pastores protestantes de todo os Estados Unidos para identificar a maior necessidade em suas vidas pessoais. Mais da metade dos pastores disse ser a gestão do tempo e mais de um terço disse encontrar um equilíbrio entre o trabalho e a casa.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O estudo nomeado “As Maiores Necessidades dos Pastores” encontrou 44 questões em todas as que os pastores identificaram, divididas nas seguintes categorias: dificuldades de ministério, necessidades espirituais, desafios mentais, vida pessoal, autocuidado, dinâmica das pessoas e áreas de desenvolvimento de habilidades.

De acordo com The Christian Post, 51% dos entrevistados disseram que a gestão do tempo é uma área que exigia sua atenção imediata ou investimento, enquanto 43% citaram a necessidade de encontrar um equilíbrio entre o trabalho e a casa.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Enquanto isso, 29% dos pastores disseram que precisam prestar mais atenção aos seus filhos, 26% precisam prestar mais atenção em seus casamentos, 23% disseram cuidar dos pais idosos e 18% disseram estresse financeiro. Um em cada seis disse que não via necessidade de investir mais tempo em nenhuma dessas áreas.

Scott McConnell, diretor executivo da Lifeway Research, disse que a pesquisa não foi uma avaliação de quais áreas os pastores dizem serem importantes, mas que precisam de atenção agora em suas vidas. Segundo ele, a maioria dos pastores não estão na fase da vida de serem pais.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Além disso, menos de um terço dos pastores que participaram deste estudo têm idades entre 18 e 44 anos, o que significa que a grande maioria estava atrasada nos anos de paternidade ou além deles. Pastores de igrejas com menos de 50 pessoas presentes são os mais propensos a dizer que mais precisam dar atenção à gestão do tempo (39%) e menos propensos a dizer o equilíbrio entre trabalho e casa (14%).

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending