Siga-nos!

Entretenimento

Filme conta história de stripper que tornou-se pastora

“Pastora Brown” mostra que qualquer um pode ser chamado para servir a Deus

Avatar

em

A rede de TV Lifetime teve bom retorno ao exibir um filme baseado em uma história real, que mostra uma espécie de “versão moderna da parábola do filho pródigo”. “Pastora Brown” é a cinebiografia de Jesse Brown, filha de um pastor batista que abandonou a família para tentar a vida fácil em Nova York e acabou se tornando uma dançarina em uma casa de strip tease.

Quando o pai de Jesse fica gravemente doente, ela é forçada a voltar para sua cidade-natal, Atlanta, e com isso repensar sua vida ao lado do leito de morte do pai.  Aos poucos ela recomeça sua vida e tenta provar a todos que não esqueceu o chamado divino que tinha desde criança. O longa tem a participação especial do conhecido televangelista e autor Creflo Dollar  e várias músicas gospel na trilha sonora.

“Esta mulher teve uma incrível jornada de vida… é um grande filme para inspirar as pessoas”, disse a atriz principal Salli Richardson-Whitfield “Não importa o que você tenha feito em sua vida ou a que ponto chegou, sempre poderá se recuperar com a ajuda de Deus… Eu acho que essa é uma mensagem maravilhosa para ser lembrada”.

A atriz principal, que é evangélica, ressalta “Minha família toda vai à igreja e Deus tem nos dado graça e perdoado os nossos pecados … É sobre isso que se trata o filme… O caminho percorrido por (Jesse) é longa e mostra bem os conflitos com sua irmã, seu pai e seu filho, que ela abandonou e agora quer reconquistar”. É difícil uma mulher com um passado ‘nebuloso’ provar às pessoas que mudou de vida e recebeu um legítimo chamado de Deus.

O diretor, produtor e ator do filme Rockmond Dunbar, já participou de outros filmes cristãos e seriados de TV conhecidos, mas disse que há uma cena particularmente impactante nesta produção.

Trata-se do momento em que o pastor Brown, sabendo que vai morrer, pede que o diácono Harold Todd cuide da igreja e de sua família por ele. Segundo Dunbar, isso mostra força do amor entre os cristãos em um mundo que parece não acreditar mais que isso seja possível.

O filme demorou quase três anos para estrear. Estava pronto desde o final de 2010, mas não encontrava abertura dos canais de TV e teve problemas com a empresa que o produziu. Mas agora, com a recepção positiva que teve, Dunbar comemora a chance de vê-lo se tornar um seriado. Ele afirma que isso seria uma grande oportunidade de levar valores cristãos para a casa das pessoas.

“Pastora Brown” foi escrito por Rhonda Baraka e estreou nos EUA em 15 de fevereiro. Não há informações de quando chegará ao Brasil. Com informações Christian Post.

Publicidade