Siga-nos!

Mundo Cristão

Pastor sofre acidentes com o mesmo carro: “blindado por Deus”

Por conta do ministério com andarilhos, ele e sua equipe enfrentam estradas perigosas e sem segurança

Avatar

em

Santana Quantum do pastor Sandro Frederico da Silva
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Sandro Frederico da Silva, 48, morador de Santa Fé do Sul (SP) já se envolveu em vários acidentes com o mesmo carro e nunca foi atingido fatalmente. Ele viaja cerca de 2 mil quilômetros por semana por conta de seu ministério que ajuda andarilhos nas estradas do Brasil inteiro.

O pastor revela que cada andarilho tem uma história para contar. “Encontramos andarilho que é advogado, músico, médico. É muito gratificante”, disse. Sandro está sempre com a família e outros integrantes que realizam o mesmo trabalho. “Mesmo com os acidentes, me sinto protegido por Deus pela missão que fazemos”, disse.

Recentemente, postou um vídeo que viralizou na internet e teve mais de 60 mil compartilhamentos no Facebook. O dono do Santana Quantum verde, que ganhou o apelido de “tanque de guerra”, disse que viajar pelo país é uma aventura que requer coragem. Falta de segurança, de estrutura e buracos nas estradas são só alguns dos perigos.

De acordo com o portal G1, Sandro ficou famoso na web como aquele que “coleciona” acidentes pelas estradas do Brasil. Só neste ano foram quatro, entre batidas, atropelamento de animal silvestre e queda em um lago – este último quase matou ele e outras três pessoas que estavam no veículo.

Por conta da grande repercussão, Sandro fez outro vídeo para explicar que não é mau motorista. “Eu não dirijo mal, o que acontece é que rodo muito por mês, às vezes por estradas boas, às vezes por estradas péssimas, e às vezes onde nem tem estrada”, justificou.

Blindado por Deus

O primeiro acidente de 2018 foi em fevereiro. Sandro tinha ido para Novo Horizonte (SP) pregar em uma igreja quando, na volta para casa, atropelou uma capivara que invadiu a Rodovia Euclides da Cunha. “A capivara morreu e a gente quase. Consegui controlar o carro, quase caímos em uma vala, mas ainda bem que nada de ruim aconteceu”, afirma.

O segundo acidente foi em agosto, a caminho de Tocantins. Sandro seguia pela rodovia quando perdeu o controle da direção e bateu no meio fio da rodovia, perto de Caçu (GO). “A rodovia sempre foi ruim naquele trecho […] Mas eles tinham reformado tudo e construíram uma rotatória, tinha de fazer a meia lua. Bati no meio fio, bateu toda a suspensão e quase capotamos”, relembra.

No mesmo mês, o pastor sofreu o terceiro acidente, quando se envolveu em um engavetamento na Rodovia dos Barrageiros, entre Santa Fé do Sul e Ilha Solteira (SP). O acidente mais grave, porém, foi há cerca de um mês. Na altura de Presidente Venceslau (SP) descobriu que havia uma ponte interditada. Ele teve que fazer um desvio e acabou caindo em um lago após a rodovia acabar de repente.

“Esse carro é blindado por Deus. Se o mecânico falar que dá para recuperar, vou ficar com ele. Ele ajudou muita gente, usamos para levar comida e a palavra de Deus para andarilhos na rodovia”, diz.

“Temos essa missão de ajudar os outros, levamos comida, roupa e a palavra de Deus para os andarilhos, não importa onde eles estão. Costumo dizer que o dia que você ajuda alguém, é o dia que você viveu. Um dia que você não ajudou ninguém, ele não fez parte da sua vida”, concluiu.

Cris Beloni é jornalista, teóloga e pesquisadora apaixonada pela Bíblia. Desenvolveu um trabalho de Jornalismo Investigativo Bíblico e é autora do livro Derrubando Mitos.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE