Siga-nos!

Vida cristã

Pastor morre após lamentar em sermão não ter morrido com a esposa

Connie faleceu há dois meses.

Neto Gregório

em

Earl W. Duggins pregando. (Reprodução / Facebook)

O reverendo Earl W. Duggins morreu no domingo de Páscoa, pouco tempo depois de ministrar um sermão apaixonado em sua igreja, onde lamentava não ter morrido junto com sua esposa, Connie.

Duggins era pastor na Igreja Batista Forest Home em Kilgore, no Texas (EUA), e logo após terminar o sermão pascoal, se sentiu mal e uma ambulância o levou ao hospital, mas ele não resistiu e morreu de ataque cardíaco.

Na conclusão de sua pregação, o pastor conta que questionou a Deus sobre a morte de sua esposa e o propósito dele não ter morrido no mesmo tempo que ela, há dois meses.

A resposta de Deus foi: “Deixei você aqui para fazer nada mais do que pregar o evangelho de Jesus Cristo que você está pregando há 55 anos.”

Após ter a oportunidade de pregar o evangelho por mais dois meses, Earl foi para junto de sua esposa.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Trending