Siga-nos!

Sociedade

Pastor faz greve de fome contra salário de vereadores

O religioso resolveu se juntar a um professor que ficou mais de uma semana sem comer absolutamente nada

Avatar

Publicado

em

Publicidade


O protesto do professor Pierre Pinto contra o salário dos vereadores de Boa Vista (RR), inspirou o pastor Miquéias da Costa que também resolveu fazer greve de fome.

Os homens são contra o salário de R$ 80 mil dados aos vereadores da capital de Roraima. Eles resolveram protestar na Câmara Municipal para provocar os vereadores.

Publicidade

Leia mais...

“A atitude do professor Pierre me comoveu. Assim como o povo roraimense, também estou indignado e cansado de tanta balela”, disse o pastor que viu na TV uma reportagem sobre o professor Pierre.

“Quando cheguei aqui, naquele momento decidi fazer greve de fome juntamente com ele”, disse. A família de Miquéias da Costa apoiou a decisão dele de não deixar o professor sozinho nessa luta contra o salário dos vereadores.

Publicidade

O professor iniciou a greve de fome no dia 28 de abril e ficou sem comer absolutamente nada até o dia 6 de maio quando uma decisão da justiça determinou a suspensão imediata do pagamento das verbas de gabinete aos vereadores da capital.

O pastor ficou menos tempo, ele se juntou ao professor no dia 5 de maio e no dia seguinte a decisão da justiça já permitiu que eles terminassem a greve e retomassem suas vidas. Durante aquele dia os dois ficaram acorrentados na frente da Câmara tendo apoio de outros munícipes. Com informações Portal Amazônia




Gosta do nosso conteúdo? Considere ajudar nosso ministério! Saiba mais em apoia.se/gospelprime


3 Comentários

Publicidade





    Publicidade
    Publicidade

    Trending