Siga-nos!

igreja perseguida

Pastor enfrenta prisão e multas por declarações online sobre o Covid-19

Tribunal Distrital de Dolpa, Nepal, declara pastor culpado de proselitismo, o condenando a dois anos de prisão.

em

Prisão
Prisão (Foto Ichigo121212/Pixabay)

Em 30 de novembro o pastor da Igreja Abundant Harvest, no Nepal, Keshav Archarya, foi condenado a dois anos de prisão devido a um vídeo do YouTube onde ele repreende o corona vírus, e multado por violar a lei anti-conversão do Nepal.

“Ei, corona, vá e morra. Que todos os seus atos sejam destruídos pelo poder do Senhor Jesus. Eu o repreendo, Corona, em nome do Senhor Jesus Cristo. Pelo poder ou pelo governante desta Criação, eu te reprendo”, disse Acharya no vídeo em questão.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Durante sua prisão, Archarya disse que não postou o vídeo. Um mês depois, após pagar fiança, ele foi solto da prisão, porém, foi preso novamente, sem mandado. A segunda prisão de Acharya foi justificada por violação da lei anticonversão e por distribuir folhetos cristãos na região de Dolpa.

De acordo com Christianity Daily, em 22 de novembro, após considerá-lo culpado de proselitismo, o tribunal distrital de Dolpa então condenou Acharya a dois anos de prisão.

O artigo 26 (3) da Constituição do Nepal pune legalmente qualquer pessoa que “se comporte, aja ou faça com que outros ajam de forma que perturbe a situação da lei pública e da ordem ou converta uma pessoa de uma religião para outra ou perturbe a religião de outras pessoas”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Segundo William Stark, Gerente Regional internacional de preocupação cristã para o sul da Ásia, as autoridades locais são conhecidas por atacar cristãos e suas comunidades desde que a Constituição do Nepal foi alterada em 2015.

Ele alega que as autoridades do distrito de Dolpa parecem empenhadas em condenar o pastor Acharya de algo e puni-lo por simplesmente ser um pastor cristão.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

“Hoje, os cristãos nepaleses voltaram a ver seus medos acontecendo. A lei anti-conversão do Nepal deve ser revogada se a liberdade religiosa é realmente um direito de ser desfrutada pelos cidadãos do país”, concluiu Stark.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending