Siga-nos!

igreja perseguida

Pastor é preso no Canadá por promover cultos durante pandemia

Igreja cumpria medidas sanitárias, mas pastor se recusou a fechar portas.

Avatar

em

Pastor James Coates
Pastor James Coates (Foto: Reprodução/YouTube)

Um pastor foi preso pela polícia de Alberta, no Canadá, depois de decidir continuar realizando cultos presenciais mesmo contra proibições da covid-19. James Coates, pastor da Igreja Grace Life, está preso desde que se entregou à polícia.

A igreja liderada pelo pastor recebeu uma visita de agentes dos Serviços de Saúde de Alberta e da Polícia Montada Real Canadense, por estar promovendo cultos, mesmo cumprindo com normas de distanciamento social impostas pelo serviço de saúde, que liberou a capacidade abaixo de 15% dos membros.

Em 21 de janeiro o órgão conseguiu uma ordem judicial que permitia prender o pastor caso ele não interrompesse os cultos na Grace Life. O pastor se negou a interromper os cultos e no dia 7 de fevereiro a polícia local visitou a igreja para cumprir a ordem de prisão, mas acabou liberando o pastor.

No entanto, o pastor foi informado que a polícia pretendia prendê-lo na terça-feira, então ele se apresentou voluntariamente na delegacia. O Centro de Justiça, que representa o pastor Coates, disse que ele estava preparado para ir para a prisão.

“Embora dolorosamente cientes das consequências potenciais, os congregados da igreja GraceLife e o pastor Coates continuam a exercer sua liberdade constitucional de se reunir normalmente para cultos pessoais, decidindo enfrentar as penalidades impostas pelo governo do que violar suas crenças religiosas sinceras”, disse disse.

A igreja defendeu suas ações em um comunicado dizendo que se reunia todos os domingos “sem incidentes” desde julho de 2020. 

De acordo com o Christian Today, a igreja lembra que exerce seus direitos e que isso é uma forma de “amar o nosso próximo” e que já provou que o culto coletivo pode ser realizado com toda segurança.

“Tendo se envolvido em uma imensa quantidade de pesquisas, interagindo com médicos e profissionais de saúde da linha de frente, é aparente que os efeitos negativos das medidas de bloqueio do governo na sociedade superam em muito os efeitos do Covid-19”, disse a igreja.

“A ciência usada para justificar as medidas de bloqueio é suspeita e seletiva. Na verdade, não há evidências empíricas de que os bloqueios sejam eficazes para mitigar a disseminação do vírus. Estamos seriamente preocupados que COVID-19 esteja sendo usado para alterar fundamentalmente a sociedade e nos privar de todas as nossas liberdades civis”, continuou.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending