Siga-nos!

Igreja

Pastor é detido por promover culto na quarentena

Líder religioso descumpriu decreto do governo do Ceará

Neto Gregório

em

PM do Ceará. (Foto: PMCE / Divulgação)

Um pastor de Fortaleza, Ceará, acabou preso na noite desta quarta-feira (25) após promover um culto em sua igreja e descumprir o decreto emitido pelo governo do estado para conter a pandemia de Covid-19, causa pelo novo coronavírus.

A ação da PMCE ocorreu no bairro Paupina após recebimento de denúncia de aglomeração de cerca de 40 pessoas que participavam da reunião.

O pastor, que alegou desconhecer o decreto, foi conduzido ao 13° Distrito Policial (DP), onde foi autuado em um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), no artigo 268 do Código Penal Brasileiro (CPB), por infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

O caso foi divulgado pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). O estado já contabiliza 211 pessoas infectadas com o vírus chinês, com pelo menos três mortes.

 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Trending