Siga-nos!

testemunhos

Pastor diz que “general dos cânceres” diminuiu: “Milagre vivo”

Diagnosticado com câncer de pâncreas, Noi Claus tinha apenas 6 meses de expectativa de vida.

em

Pastor Noi Claus
Pastor Noi Claus e sua esposa (Foto: Reprodução/Facebook)

No ano de 2017, no auge de seu ministério, o pastor Elenor Luis Rickrot de Almeida, mais conhecido como Noi Claus, recebeu uma notícia desanimadora: foi diagnosticado com um câncer de pâncreas agressivo, descrito pelos médicos como “o general dos cânceres”. Agora é considerado um milagre vivo e testemunho que câncer diminuiu.

Desenganado, sem chances de cura, o jovem pastor deveria morrer em 3 ou 6 meses pela frente, mas passou a ser um “milagre vivo”. Superou todas as expectativas médicas e já vai para 4 anos de enfrentamento à doença.

Conhecido como “o doutor palhaço”, Claus toca um projeto social que demanda muita dedicação, o Doutores em Rede, que promove visitas em hospitais, orfanatos, abrigos e comunidades carentes, levando alegria.

Casado com Cibele Ferrão de Almeida e pastor na Igreja do Mover, líder na cidade de Viamão, Rio Grande do Sul, o pastor se mantem ativo em todos os trabalhos.

No ano passado, em entrevista ao Gospel Prime, Noi Claus disse reconhecer sua fraqueza, mas que tem sido fortalecido em Deus. “Na realidade sou frágil e muito fraco, mas o amor e misericórdia de Deus me deram forças para prosseguir”, disse.

Câncer menor

O último exame feito pelo pastor Noi Claus, apontou uma diminuição considerável no tamanho do câncer, que anteriormente era de cerca de 5 centímetros, mas agora mede 3,8 centímetros.

De acordo com o pastor, os médicos ficaram espantados com o resultado, já que sua expectativa de vida era curta. Nos últimos anos ele perdeu cerca de 50 quilos por conta do tratamento.

Apesar de sua debilidade física, Claus relata que continua atuando nos projetos de visitação hospitalar e ajuda humanitária, com mais de 500 ações envolvendo cerca de 1235 palhaços voluntários.

“Na pandemia trabalhamos nas comunidade entregando alimentos, apoio psicológico e muita ajuda no RS e SC”, relatou. Ele conta que também existem voluntários em Moçambique.

Tratamento

Todo o tratamento do pastor Noi Claus é mantido com a ajuda de fiéis da igreja, que apoiam com a medicação e convênio hospitalar. Como ele não é pastor integral, depende da ajuda para conseguir arcar com os altos custos do tratamento.

Frequentemente ele é submetido a intervenções cirúrgicas, precisa realizar exames e adquirir novos medicamentos para problemas que surgem com o tratamento de quimioterapia.

Para ajudar o pastor com o tratamento, você pode doar diretamente em sua conta bancária:

Elenor Luis Rickrot de Almeida
Banco do Brasil
Pix: 98947044091
Agência: 0479-0
Conta: 66126-0
CPF: 989.470.440-91

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending