Siga-nos!

mundo

Parlamentares cristãos da Suíça suspendem lei de “casamento” gay

O ato está previsto para ocorrer em setembro deste ano.

em

Ativistas gay
Ativistas gays (Foto: Rihaij/Pixabay)

Parlamentares cristãos da União Democrática Federal (UDF), na Suíça, propuseram a análise da lei aprovada dezembro passado sobre a legalização do “casamento” entre pessoas do mesmo sexo, que só poderá entrar em vigor depois de um referendo popuplar.

O partido conseguiu assinaturas suficientes para que o Executivo do país fosse obrigado a realizar um referendo, com o impedimento constitucional feito pela UDF.

A norma aprovada permite a doação de esperma para casais lésbicas que pretendem ter filhos, e também que os transgêneros possam mudar seu genero legalmente apenas com uma declaração, além do casamento gay.

O líder do Conselho Federal, Chanceler Walter Thurnherr, irá agendar uma data para este ato no mês de maio.

Segundo as especulações, o referendo deve acontecer no mês de setembro, de acordo com a agência britânica.

A Pink Cross, um grupo de defesa dos direitos homossexuais, realizou uma pesquisa em 2020 entre os suíços sobre a questão do “casamento” entre pessoas do mesmo sexo.

Mais de 80% da população da Suíça revelaram apoiar o “casamento” gay, de acordo com o relatório do grupo, portanto é improvável que este embargo constitucional imposto pela UDF dê algum resultado no questionamento dessa lei.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending