Siga-nos!

Mundo Cristão

Papa Francisco cria o “pecado ecológico”

Conceito deve ser introduzido no Catecismo da Igreja Católica.

Neto Gregório

em

Francisco com participantes do Sínodo dos Bispos sobre a Amazônia. (Foto: Remo Casilli / Reuters)

O papa Francisco revelou, em audiência com advogados penais na última sexta-feira (15), que deseja incluir oficialmente o conceito de “pecado ecológico” na doutrina da Igreja Católica. O tema foi tratado no Sínodo dos Bispos sobre a Amazônia.

No encontro, bispos, missionários e “especialistas”da região amazônica propuseram que o desrespeito à natureza seja interpretado como pecado. Durante o Sínodo, o papa fez duras críticas às queimadas na Amazônia.

Aprovado em 26 de outubro, o conceito de “pecado ecológico” foi definido como uma “ação ou omissão contra Deus, contra o próximo, a comunidade e o ambiente” e o chamado à conversão e o cuidado da ‘casa comum'”.

Francisco já havia alterado o Catecismo uma vez para tornar inadmissível a pena de morte “em todas as circunstâncias”.