Siga-nos!

Internacional

Papa Francisco defende família tradicional no Sínodo de bispos

O líder católico se posicionou também contra o divórcio

em

Muitos esperavam uma declaração do Papa Francisco que indicasse uma abertura na Igreja Católica para aceitar casais homossexuais. Mas durante Sínodo de bispos, que acontece no Vaticano, o líder católico reafirmou a posição da igreja a favor da família tradicional.

“Este é o sonho de Deus para sua amada criação: vê-la cumprida na união de amor entre um homem e uma mulher, regozijando-se em sua jornada compartilhada, fecunda em sua doação recíproca”, disse o Papa.

O Sínodo reúne 400 cardeais e bispos de todo o mundo que debaterão sobre família. No mesmo evento, Francisco falou contra o divórcio declarando: “O que Deus uniu, que o homem não separe. Essa é uma exortação para os crentes para que superem qualquer forma de individualismo e legalismo que esconde um egoísmo e um medo de aceitar o verdadeiro significado do casal e da sexualidade humana no plano de Deus”.

A reunião acontece de 4 a 25 de outubro, juntos eles encontrarão respostas para os desafios encarados pela família católica diante das mudanças da sociedade moderna onde os divórcios aumentam e em muitos países o casamento entre pessoas do mesmo sexo já é lei.

Um dos pontos de maior conflito entre os participantes do Sínodo é sobre os divorciados que voltam a se casar. Para a igreja o casamento é um só, por isso muitos divorciados que voltam a se casar não recebem a comunhão.

Os debates que acontecerão ali não têm obrigação de chegar a uma conclusão, no ano passado outra reunião do Sínodo aconteceu com o mesmo objetivo e para este debate as dioceses de todo o mundo enviaram as respostas dos questionários respondidos pelos fiéis a respeito do tema. Com informações G1

  • Estudos Bíblicos 1 dia atrás

    Especialista em pregação bíblica ensina elaborar sermões impactantes em 30 dias