Siga-nos!

Palestinos atacam santuário em Jerusalém com bomba incendiária

Dois suspeitos foram presos após ataque

Avatar

em

Policiais israelenses detém manifestante palestino do lado de fora do complexo que abriga a mesquita de Al-Aqsa. (Foto: Reuters / Ammar Awad)
Publicidade

Nesta terça-feira (12), dois palestinos foram presos após lançarem uma bomba e incendiarem um posto policial de Israel que fica localizado em um santuário de Jerusalém que é reverenciado por judeus e muçulmanos.

O Monte do Templo, para os judeus, também é chamado de Santuário Nobre pelos muçulmanos e faz parte da área disputada por israelenses e palestinos.

Leia mais...

Continua depois da Publicidade

Apesar da ação da bomba e do confronto entre policiais e palestinos, não há relatos de que partes do complexo sagrado foram danificadas, tão pouco informações sobre feridos além dos dois suspeitos que foram presos, algumas agências de notícias afirmam que os autores do ataque foram mortos.

Publicidade
Publicidade