Siga-nos!

testemunhos

Pais compartilham diário de oração de filha de 6 anos que morreu

O diário de oração de Lucy, encontrado em sua mochila após a tragédia, revelou a profundidade da sua fé em Deus.

em

Diário de Lucy (Foto: Reprodução/ New Creation Living Blog)

Em meio à dor devastadora da perda de sua filha de 6 anos, Lucy, a família Morgan de Nova Jersey encontrou força e consolo na fé profunda que Lucy possuía e na comunidade de apoio que os rodeava. Lucy faleceu de um traumatismo cranioencefálico após um trágico acidente com uma raquete de badminton durante as férias em família.

Lucy estava brincando com seus irmãos quando a raquete de badminton, manuseada por seu irmão de 10 anos, quebrou-se de forma inesperada, causando um ferimento grave em seu crânio. Ela foi imediatamente levada a um hospital local e, posteriormente, transferida para um hospital em Portland, Maine. Apesar dos esforços médicos, Lucy foi declarada com morte cerebral e faleceu quatro dias após o acidente.

Jesse Morgan, o pai de Lucy e pastor da Capela Bíblica Green Pond em Rockaway, compartilhou como a fé de sua filha tem sido um pilar de sustentação para a família. “Não tenho dúvidas de que ela, em sua compreensão imperfeita da vida, amou a Cristo e amou a Deus”, disse Jesse à *Fox News Digital*. O diário de oração de Lucy, encontrado em sua mochila após a tragédia, revelou a profundidade de sua fé infantil com escritos como “Deus é incrível” e “Ele criou tudo e morreu na cruz pelos nossos pecados”.

Jesse e sua esposa, Bethany, sempre enfatizaram a importância da fé em sua família. Eles desejavam que seus filhos conhecessem a Deus não por imposição, mas por meio do amor demonstrado pelos pais. Jesse acredita que, apesar das dúvidas e medos sobre se estavam articulando a fé de maneira adequada, Deus preparou a família para enfrentar essa perda, conforme relata Fox News.

Para lidar com o trauma e a dor, Jesse recorreu ao seu blog, New Creation Living, onde compartilhou seus sentimentos e pedidos de oração. A resposta da comunidade foi impressionante, com milhares de pessoas oferecendo suas orações e apoio. “Nunca realmente senti isso e senti as orações de milhões de pessoas, milhares de pessoas. Não sei quantas pessoas estão orando e nos ajudando”, disse Jesse

Apesar da dor insuportável, a família Morgan encontrou momentos de consolo e esperança. Dois dias antes do acidente fatal, eles cantaram juntos “He Will Hold Me Fast” de Keith e Kristyn Getty e Selah, uma canção que fala sobre a fidelidade de Cristo em tempos de fraqueza. Jesse acredita que Deus, de alguma forma misteriosa, preparou a família para essa tragédia.

A curta vida de Lucy foi marcada por uma fé simples, mas profunda, que agora serve como um testemunho poderoso para sua família e comunidade. Jesse espera que a história de Lucy e a força da família em meio ao sofrimento possam inspirar outros a ver o “milagroso” mesmo em tempos de dor profunda.

Trending