Siga-nos!

Sociedade

Pai luta com ladrões por remédio do filho: “por ele faço de tudo”

Criança de 11 anos tem síndrome rara e precisa usar medicamento para impedir crises convulsivas

Avatar

em

Adex George Alves. (Foto: Reprodução / EPTV)
Publicidade

Para evitar que os remédios do filho fossem roubados, o mecânico Adex George Alves, de São Carlos (SP), entrou em luta corporal com ladrões que levaram seu carro na última quinta-feira (7).

Com hematomas pelo rosto e muitos dores no corpo, o homem diz que não se arrepende de enfrentar os criminosos, pois dentro do veículo tinha os medicamentos de seu filho.

Leia mais...

Continua depois da Publicidade

“Por eles eu faço de tudo, família, filho é tudo. Eu não me arrependo, eu brigaria com uma boiada por eles”, afirmou o mecânico em entrevista ao G1.

O homem tem dois filhos, um deles usa um remédio raro e de alto custo. Ao ver que os criminosos levariam o veículo da família, ele se lembrou que o medicamento estava dentro do porta-luvas e resolveu reagir.

“Reagi porque tinha a medicação do meu menino dentro e ele não pode ficar sem. E a gente luta para ter uma coisa melhor, tudo o que eu faço é por ele, para dar certo conforto e vem certas pessoas tirar da gente”, lamenta.

O carro foi furtado, mas Adex conseguiu recuperar um parte do medicamento feito a base de canabidiol, que é usado para controlar as crises convulsivas de João Vitor, 11 anos, que é portador da Síndrome de Dravet.

Publicidade