Siga-nos!

Política

Óleo que atinge o Nordeste pode ser da Venezuela, diz Petrobras

Análises foram enviadas para o Ibama, mas não houve divulgação oficial.

em

Óleo no Nordeste (Foto: Adema/Governo de Sergipe)

Análises feitas pela Petrobras no óleo que atinge praias do Nordeste brasileiro apontam a Venezuela como provável origem do petróleo, revelando que o óleo não é produzido no Brasil.

Na última segunda-feira (7) o presidente da República já havia dito que o governo tem “no radar” um país de onde poderia ter partido o óleo, mas sem especificar se trata-se de um atentado ou acidente ambiental.

“É complexo, existe a possibilidade, temos no radar um país que pode ser da origem do petróleo, e continuamos trabalhando da melhor maneira possível para dar uma, não só uma satisfação à sociedade, bem como colaborar na questão ambiental”, disse o presidente ao deixar o Ministério da Defesa.

Questionado sobre qual seria o país, Bolsonaro pediu desculpas e disse que não poderia revelá-lo. A declaração reforça um áudio divulgado pelo Ibama, de que o óleo não é brasileiro.

O relatório da Petrobras foi enviado para o Ibama e a suspeita é de vazamento a partir de um navio, mas não há informações sobre que navio seria este, apenas de que o óleo é possivelmente venezuelano, pois tem características diferentes do produzido no Brasil.

Publicidade