Siga-nos!

estudos bíblicos

O que a Bíblia diz sobre o aborto?

Conceitos bíblicos e as implicações éticas do aborto

em

Mulher grávida e esposo seguram ultrassom do bebê (Kelly Sikkema / Unsplash)

É preciso cuidar das mães e dos filhos

Já caminhando para o final deste longo estudo, julgo que é pertinente enfatizarmos a importância do trato humanizado não só às crianças em formação no útero, a quem se pretende proteger da interrupção arbitrária da vida, mas também às próprias mulheres que necessitam de muito mais que saber o certo e o errado sobre esta questão, para terem direito à uma gestação saudável, ao acompanhamento psicológico e médico do pré-natal, ao cuidado constante da família, à assistência do Estado e todas as garantias legais de uma gravidez digna.

Embora contundentemente afirme que “a filosofia que vê o feto como sem significado moral ou religioso é subcristã e está em violação e conflita com o Evangelho”, o Dr. Raul Marinho adverte que se não estivermos fortemente comprometidos “na certeza de que as necessidades nutricionais, educativas e domésticas das crianças indesejadas sejam preenchidas” e se não prepararmos as famílias e a sociedade “para assumir os importantes cuidados dessas crianças, adaptando-as depois de nascidas do mesmo modo que nos comprometemos com sua vida fetal”, então “talvez a nossa posição ao aborto nos soa vazia e hipócrita” [19]. Que atenção estamos devotando às grávidas de nosso país? Algumas lições práticas:

Aproveitemos esta aula dominical para exortar pais e mães, avôs e avós, para que tratem com amor e atenção às parentes gestantes, dando a elas todo apoio e dignidade que merecem! A Bíblia ordena que as mulheres mais experientes “ensinem as mulheres novas a serem prudentes, a amarem seus maridos, a amarem seus filhos” (Tt 2.3,4). Preste atenção: …a amarem seus filhos!

As mulheres solteiras devem aprender que sexo seguro não é aquele feito com preservativo ou métodos contraceptivos, que poderão falhar e resultar em gravidez indesejada. Sexo seguro é aquele feito com amor entre marido e mulher legitimamente casados, no ambiente de seu lar, sob a benção de Deus!

Aos jovens casais precisamos exortar que planejar filhos para o momento certo é uma coisa (e boa!), mas outra coisa (e má!) é negar-se a ter filhos sob a falsa alegação de que eles deformam o corpo da mulher ou expulsam a paz da casa ou não deixam mais ninguém dormir. Isso não passa de puro preconceito e egoísmo! “Filhos são herança do Senhor” (Sl 127.3). Os dois principais propósitos do sexo no casamento são: a satisfação mútua dos cônjuges e a procriação. Não podemos em nome da conveniência e do individualismo distorcer esses dois propósitos da relação marital. Filhos amados e educados nos caminhos do Senhor são uma benção para seus pais!

Às mulheres grávidas vítimas de violência sexual, devemos nos solidarizar com elas, jamais atribuindo-lhes a culpa do abuso e da gravidez, antes, reunindo toda família em volta delas e ofertando-lhes redobrado amor e “entranháveis afetos e compaixão” (Fp 2.1). Jamais aconselhar ao aborto (não matarás!Ex 20.13), antes prover meios financeiros e acompanhamento psicológico, médico e pastoral (sobretudo, acobertando-as com orações incessantes – cristãos tem essa ferramenta poderosa a mais, em relação aos descrentes) para que a gravidez não seja interrompida e o filho seja acolhido em amor. Como diz o pastor Claudionor de Andrade, “Violência não se cura com violência”.

A mulher violentada que abortar, sem o apoio da família e da igreja poderá sofrer torturas psicológicas muito maiores posteriormente (podendo até desembocar num suicídio!), do que se não tivesse abortado e tivesse recebido todo carinho e provisão da família, do Estado e da igreja. E ainda que a família e o Estado falhem na assistência à mulher vítima do abuso, a igreja não pode falhar! Nossa justiça deve exceder a dos descrentes – assim ordena o Senhor (Mt 5.20).

Creio que no caso de abuso sexual, Deus é sábio e infinitamente poderoso para reverter a tragédia em glória! Na pior das hipóteses, caso a mãe não consiga amar o filho a quem gerou em seu ventre e a quem deu à luz, que a família abrace esta criança, devotando-lhe os cuidados necessários, ou coloque a criança para adoção – uma situação realmente lamentável, mas uma saída lícita e moral, se comparada a punição da morte precoce infligida ao bebê por meio do aborto provocado.

REFERÊNCIAS
[1] William L. Craig. Apologética para questões difíceis da vida, Vida Nova, p. 138
[2] Douglas Baptista. Valores cristãos: enfrentando as questões morais do nosso tempo, CPAD, p. 40
[3] Claudionor de Andrade. As novas fronteiras da Ética Cristã, CPAD, p. 53
[4] Raul Marinho Jr. Em busca de uma Bioética global: princípios para uma moral mundial e universal e uma Medicina mais humana, Hagnus, p. 194
[5] Gazeta do Povo. Informação disponível aqui: http://www.gazetadopovo.com.br/ideias/quais-sao-os-verdadeiros-numeros-sobre-aborto-no-brasil-ez2wi4lignffwy4hha6nff51j. Acessado em 18 de abril de 2018.
[6] Estudos Nacionais. Informação disponível aqui: http://estudosnacionais.com/falacia-dos-numeros/. Acessado em 18 de abril de 2018.
[7] William L. Craig. Op. cit, p. 124
[8] William L. Craig. Op. cit, p. 126
[9] Hank Hanegraaff. O livro das respostas bíblicas, CPAD, p. 430
[10] Hank Hanegraaff. Op. cit., p. 107
[11] Estudos Nacionais. Informação disponível aqui: http://estudosnacionais.com/refutacoes-sobre-aborto/. Acessado em 18/04/2018.
[12] Claudionor de Andrade. Op. cit., p. 77
[13] Alan Pallister. Ética Cristã hoje, Shedd Publicações, p. 153
[14] Sobre o aborto sugerido à mãe de Roberto Bolaños, o Chaves, veja este vídeo no Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=kDYOI88N7JU
[15] Sobre o aborto sugerido à mãe de Hernandes Dias Lopes, pastor presbiterianos, veja este vídeo no Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=fvO0UUyxOUU
[16] Voto do ministro Cézar Peluso, contrário ao aborto de anencéfalos, disponível em vídeo aqui: https://www.youtube.com/watch?v=n2rhSMe0cwc
[17] Voto do ministro em texto disponível aqui: http://www.sbdp.org.br/arquivos/material/1774_ADPF54-VotoMinCezarPeluso.pdf
[18] Claudionor de Andrade. Op. cit., p. 69
[19] Raul Marinho Jr. Op. cit., p. 195
[20] William L. Craig. Op. cit, p. 139

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Páginas: 1 2 3 4

Casado, bacharel em teologia (Livre), evangelista da igreja Assembleia de Deus em Campina Grande-PB, administrador da página EBD Inteligente no Facebook e autor de quatro livros.

Trending