Siga-nos!

estudos bíblicos

A proteção de Deus sobre Israel

Deus tem atuado na proteção física do povo judeu ao longo da sua existência.

em

Estrela de Davi - Simbolo de Israel
Estrela de Davi - Simbolo de Israel (David Holifield / Unsplash)

O rei da Prússia, Frederico II, no século XVII,  pediu uma prova simples, física e irrefutável da existência de Deus. Sem hesitar seu conselheiro cristão respondeu: “Os judeus, majestade, os judeus!”

Como Deus tem lidado com Israel hoje? Uma leitura apurada das Sagradas Escrituras e uma observação atenta da história nos mostrará que Deus tem atuado na proteção física do povo judeu ao longo da sua existência.

Deus tem atuado durante toda a história de Israel em sua proteção física. O povo judeu passou por:

  • cativeiros;
  • dispersões (galut);
  • dominação estrangeira em seu território nacional:
    • domínio romano (63 a.C.–313 d.C.),
    • domínio bizantino (313–636 A.D.),
    • domínio árabe (636–1099 A.D.),
    • domínio dos cruzados (1099–1291 A.D.),
    • domínio mameluco (1291–1516 A.D.),
    • domínio otomano (1517–1917 A.D.),
    • domínio britânico (1917–1948 A.D.);
  • anti-semitismo;
  • inquisição;
  • pogroms, nazismo, anti-sionismo e guerras.

Apesar de todos esses acontecimentos trágicos, o fato mais espantoso é que a nação de Israel tem sobrevivido e saído mais fortalecida em cada uma destas tribulações, o que nos remete a veracidade da declaração profética de Isaías:

“Quando passares pelas águas estarei contigo, e quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti” (Is 43:2).

E como disse o escritor Mark Twain: “Israel impressionou grandemente o mundo durante os séculos – e isso com as mãos amarradas às costas. Os egípcios, babilônios e persas chegaram ao poder, tomaram o mundo com seu brilho, e entraram em declínio. Seguiram-se os gregos e romanos, fizeram muito barulho, e, depois, desapareceram. Outros povos se levantaram, sua tocha brilhou por algum tempo, depois se apagou, e hoje eles se encontram na penumbra ou desapareceram por completo. O judeu viu a todos eles, derrotou a todos e é hoje o que sempre foi, sem mostrar decadência ou apresentar sinais de velhice, sem fraquezas, sem uma redução em sua energia, sem ofuscar seu espírito vivo e dinâmico”.

A existência de Israel está condicionada a existência do próprio Deus. O juramento que o Senhor impõe a si mesmo de proteger o seu povo, se utiliza da figura dos astros celestes:

“Assim diz o SENHOR, que dá o sol para luz do dia, e as ordenanças da lua e estrelas para a luz da noite (…)  Se falharem estas ordenanças de diante de mim, diz o Senhor, deixará também a descendência de Israel de ser uma nação diante de mim para sempre” (Jr 31:35-36)

e do conhecimento dos segredos do Universo, como garantias de seu cuidado e proteção:

“Se puderem ser medidos os céus lá em cima, e sondados os fundamentos da terra cá em baixo, também eu rejeitarei toda a descendência de Israel” (Jr 31:37).

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Pastor Batista, Diretor dos Amigos de Sião, Mestre em Letras - Estudos Judaicos (USP).

Trending