Siga-nos!

Mundo Cristão

No Marrocos, Papa Francisco diz que cristãos e muçulmanos “são irmãos”

Arcebispo marroquino diz que membros das duas religiões pretendem “construir juntos a fraternidade universal”

em

Papa Francisco
Papa Francisco no Marrocos. (Foto: AP Photo/Gregorio Borgia)

Ao final da sua visita ao Marrocos neste domingo (31), o papa Francisco fez um pronunciamento numa celebração eucarística que reuniu a comunidade católica do país na capital Rabat.

Após agradecer o rei Mohammed VI pelo convite de visitar a nação islâmica, disse: “Com esses sentimentos de gratidão, quero mais uma vez encorajá-los a perseverar no caminho do diálogo com os nossos irmãos e irmãs muçulmanos, colaborando também para que se torne visível aquela fraternidade universal que tem a sua fonte em Deus.”

Antes da missa, o líder mundial da Igreja Católica visitou um centro social administrado por freiras que serve uma comunidade muçulmana pobre ao sul da capital, com serviços médicos e educacionais. O centro de Temara administra uma pré-escola, trata vítimas de queimaduras, oferece cursos de costura e distribui refeições para 150 crianças por dia.

Sabidamente, não se pode oferecer ensinamentos cristãos na pré-escola, pois existem leis no país contra a conversão de muçulmanos. A irmã Gloria Carrillero, responsável pelo centro, disse: “Nossos professores são todos muçulmanos e falam em árabe. Eles preparam os alunos para a religião muçulmana. Nós não viemos aqui com o propósito de fazer proselitismo. Nós viemos aqui só para ajudar”.

Na sequência, de acordo com o Vaticano, Dom López Romero, arcebispo de Rabat, lembrou que a comunidade cristã marroquina é muito pequena, com menos de 1% da população. Acabou surpreendendo ao ecoar as palavras do papa no dia anterior sobre a evangelização.  “Não nos interessa, não queremos aumentar os clientes da Igreja, mas que cresça o Reino de Deus, cresça a paz, o respeito pela vida, o amor e a verdade. Trabalhamos juntos com os muçulmanos por um mundo novo, misericordioso”, destacou.

Publicidade