Siga-nos!

Política

Netanyahu quer anexar parte da Cisjordânia se conseguir reeleição

Território está sob controle palestino e faz fronteira com a Jordânia.

em

Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu (Foto: Amir Cohen/Reuters)

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, prometeu nesta terça-feira (10) que, se reeleito, vai anexar partes da Cisjordânia ao território israelense.

Segundo o premiê, o território corresponde ao Vale do Jordão e a porção norte do Mar Morto, que atualmente estão sob controle palestino e formam a fronteira com a Jordânia.

Netanyahu disse que as medidas serão tomadas após as eleições, em respeito aos presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de quem espera receber apoio na iniciativa.

A Casa Branca informou, no entanto, que não mudou de posicionamento sobre a questão Israel-Palestina e que, após as eleições, pretende divulgar um plano de paz para a região.

O anúncio de Netanyahu foi criticado por um grupo de ministros de países integrantes da Liga Árabe, que considera que a medida prejudicará “qualquer chance de avanço no processo de paz entre Israel-Palestina”.

Publicidade