Siga-nos!

Sociedade

“Muito carisma e pouca mudança”, diz Abner Ferreira sobre papa Francisco

Avatar

em

Publicidade

O pastor Abner Ferreira, presidente da Assembleia de Deus em Madureira, Rio de Janeiro, publicou um artigo em sua coluna no Gospel Prime criticando a postura do papa Francisco durante a Jornada Mundial da Juventude.

O líder assembleiano disse não acreditar que o pontífice seja capaz de promover uma reforma da Igreja Católica, pois não acredita que o papa tenha a intenção de transformar a instituição em uma “igreja cristocêntrica”.

Leia mais...

Continua depois da Publicidade

O pastor evangélico destacou que à Igreja Católica precisa de uma reforma teológica e apontou que o catolicismo estará fadado ao fracasso até que tenha como prioridade não a proximidade dos líderes com o povo, como apontam alguns analistas, mas a mudança nas doutrinas da instituição.

Abner foi enfático e afirmou que o catolicismo não é cristianismo, pois não segue os ensinamentos de Cristo. “Alguém pode declarar-se budista sem acreditar em Buda? Logo, alguém que se declara cristão e não segue os ensinamentos de Cristo, pode até ser católico, mas não cristão”, escreveu o líder.

O pastor apontou cinco pontos que Francisco deveria ter se posicionado: A Mediação, a homossexualidade como pecado, a idolatria e o culto a imagens e a doutrina do purgatório.

“Francisco não corrigiu nenhum destes erros doutrinários, não citou qualquer referência bíblica ou condenou qualquer prática”, concluiu Abner.

Publicidade