Siga-nos!

Sociedade

MP cumpre mandados e investiga desvios de dízimos na Igreja Maranata

O Ministério Público investiga o desvio de R$21 milhões colhendo documentos, depoimentos e outras provas.

em

O Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) com apoio da Ronda Tática Motorizada (Rotam) da Polícia Militar do Espírito Santo cumpriu 12 mandatos de busca e apreensão na manhã desta segunda-feira (26) na Igreja Cristã Maratana.

O Ministério Público está investigando um esquema de desvios de doações de dízimos, lavagem de dinheiro, falsificações de documentos e ocultação de bens por parte de membros da cúpula da denominação.

O Gaeco esteve recolhendo documentos das igrejas, principalmente do Presbitério da Maranata que fica no Centro da capital. O escritório de contabilidade e a residência do contador, que está sendo acusado juntamente com outros membros da igreja, também foram investigados.

Foram recolhidos computadores, dados, depoimentos e documentos. Com estas provas o Ministério Público quer apurar a suposta atuação de uma organização criminosa na igreja.

A suspeita do MP é que R$21 milhões poderiam ter sido desviados por meio de notas fiscais frias, uma dessas notas mostrava o gasto de R$900 mil em uma papelaria na compra de produtos que custam muito menos. As informações são do G1.