Siga-nos!

política

Mourão defende voto auditável: “Judiciário ultrapassou limite”

Vice-presidente comentou decisões de ministros do TSE e do STF.

em

Hamilton Mourão
Hamilton Mourão (Foto: Isác Nóbrega/PR)

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, defendeu nesta quarta-feira (4) o voto impresso e criticou os membros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por se manifestarem contra a mudança do sistema eleitoral.

“Nossos magistrados ultrapassaram seu limite ao emitirem opinião sobre algo que não lhes diz respeito. O que diz respeito ao magistrado é fazer com que a eleição ocorra dentro das regras estabelecidas pelo Legislativo”, disse o vice-presidente.

A manifestação se deu em palestra promovida pelo grupo Personalidades em Foco, liderado pelo empresário Paulo Zanotto.

Mourão se manifestou pouco depois de o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), ter acolhido pedido do presidente do TSE e também integrante da Corte, Luís Roberto Barroso, de inclusão das falas do chefe do Executivo no inquérito das fake news.

A medida tem sido duramente criticada e pode resultar em processo criminal contra o presidente e, consequentemente, a sua inelegibilidade por período de oito anos.

“Se o Legislativo estabelecer que a regra eleitoral diz que o eleitor terá que plantar uma bananeira na hora de digitar o voto, compete à Justiça Eleitoral assegurar que isso ocorra, e não o magistrado interferir neste processo”, ironizou Mourão.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending