Siga-nos!

Política

Mourão alerta que Bolsonaro está “sob grave ameaça”

Vice-presidente diz que serviços de inteligência identificaram novas ameaças

Publicado

em

Hamilton Mourão
Publicidade

Na entrevista que o general Hamilton Mourão concedeu à revista Crusoé, o vice-presidente eleito afirmou que Jair Bolsonaro, está sob “grave ameaça”. Essa seria uma informação do serviço de inteligência do governo.

Mourão destacou que eles possuem informações sobre existência de planos para assassinar Bolsonaro, com atiradores de elite e carros-bomba –inclusive com a participação de grupos terroristas estrangeiros. Contudo, não quis dizer que grupos seriam.

Ao ser questionado sobre detalhes, declarou que são ameaças “atuais”, mas que não poderia falar mais, pois são “dados da inteligência”. O general declarou eles foram levantados por “interceptação telefônica” e “trabalho na deep web”, mas que ele próprio não seria um “alvo”.

Na época do atentado cometido por Adélio Bispo, em Juiz de Fora, MG, foi divulgado que estavam sendo investigadas a participação de organizações criminosas. Também falou-se sobre a suspeita de grupos terroristas estarem envolvidos, mas nada foi provado.

As investigações do atentado ainda estão em andamento.

Publicidade

Trending