Siga-nos!

Sociedade

Internautas comemoram morte de Gabriel Diniz por ser “bolsominion”

Nas redes sociais, contrários ao presidente comemoraram morte do cantor.

em

Gabriel Diniz. (Foto: Reprodução / Instagram)

A trágica morte do cantor Gabriel Diniz, após a queda do avião bimotor em que viajava, nesta segunda-feira (27), foi comemorada por pessoas contrárias ao governo do presidente Jair Bolsonaro. A atitude gerou revolta das pessoas, que pediram mais empatia e criticaram as declarações.

Como o cantor teria se posicionado a favor do governo Bolsonaro, algumas pessoas de esquerda comemoraram o ocorrido, dizendo que era “menos um bolsominion” no mundo.  A atitude foi duramente criticada pela grande maioria dos usuários das redes sociais, que consideraram um verdadeiro “show de horrores” as declarações.

A morte do cantor foi confirmada após o resgate da aeronave, no litoral sul de Sergipe. Ele ficou conhecido no último carnaval, com o lançamento da música Jenifer. Gabriel retornava de uma apresentação em Feira de Santana, na Bahia. Ele tinha 28 anos e estava indo ver a noiva, a psicóloga Karoline Calheiros.

Segundo a Polícia Militar do Sergipe, além do cantor, o piloto, Abraão Farias, e o copiloto, Linaldo Xavier, também morreram na queda do avião, eles também eram diretores do Aeroclube de Alagoas. Gabriel Diniz será velado no complexo esportivo Almeidão, na cidade de João Pessoa.

Bolsonaro

O presidente lamentou a morte do cantor e dos dois tripulantes. Ele expressou sentimentos aos familiares e desejou que as vidas dos vitimados fossem recebidas por Deus. Bolsonaro também falou que Gabriel Diniz era um cantor “jovem e talentoso”.

“Recebo com grande pesar a notícia do acidente aéreo ocorrido hoje em Sergipe envolvendo o jovem e talentoso cantor Gabriel Diniz e outros 2 ocupantes. Meus sinceros sentimentos às famílias das vítimas. Que Deus receba essas vidas de braços abertos e conforte os corações de todos”, afirmou.

Publicidade