Siga-nos!

Sociedade

Moro diz que Justiça Eleitoral não está preparada para julgar corrupção

Julgamento no STF pode acabar com a Operação Lava Jato e outras que poderão surgir

Avatar

em

Sérgio Moro. (Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)
Publicidade


Para o ministro da Justiça, Sergio Moro, a Justiça Eleitoral tem competência apenas para julgar crimes eleitorais, portanto, a Justiça Federal deve tratar de crimes de corrupção e outros crimes comum.

A declaração foi dada nesta quarta-feira (13), dia em que o Supremo Tribunal Federal começou a julgar o mérito de qual Justiça deve julgar os casos de corrupção e caixa 2.

Publicidade

Leia mais...

Moro participava de uma palestra sobre o pacote anticrime, no Centro Universitário de Brasília, quando comentou o caso.

“Em termos de conveniência e oportunidade, entendo que a separação (do julgamento de crimes eleitorais e comuns) é a solução mais conveniente”, disse o ex-juiz federal.

Publicidade

“Se formos verificar estatísticas de condenações criminais pela Justiça Eleitoral, provavelmente não vamos encontrar números muito felizes. Não porque não existam crimes eleitorais, mas porque realmente o sistema é focado na organização das eleições e, igualmente, na solução de controvérsias eleitorais”, declarou.

 




Gosta do nosso conteúdo? Considere ajudar nosso ministério! Saiba mais em apoia.se/gospelprime


Comente!
Publicidade
    Publicidade
    Publicidade

    Trending