Siga-nos!

arqueologia bíblica

Moeda cunhada há 1.800 anos com rosto de imperador é encontrada em Israel

Artefato foi encontrado por um soltado e entregue a Autoridade de Antiguidades.

em

Moeda de 1.800 anos encontrada em Israel
Moeda de 1.800 anos encontrada em Israel (Foto: Reprodução/Autoridade de Antiguidades)

Uma moeda de 1.800 anos foi encontrada por um soldado na região do Monte Carmelo, em Israel. O artefato passa a compor uma coleção com apenas onze moedas antigas da região que foram conhecidas por pesquisadores até agora, segundo informou a Autoridade de Antiguidades do país.

A moeda contém algumas imagens e texto que permitiram aos pesquisadores identificar sua origem e data com precisão, já que em um dos lados está escrito: “do povo de Geva Phillip”, com a marcação do “ano cívico” de 217, que é por volta de 158 e 159 d.C.

Além disso, existe um desenho do “deus da Lua sírio” do mesmo lado dos escritos, enquanto que do lado oposto da moeda está um retrato do imperador romano Antonino Pio, que governou o Império entre 138 e 161 d.C.

“Geva Philippi, também conhecida como Geva Parashim, era uma polis, uma cidade com certo nível de autonomia e reconhecimento do governo romano, incluindo o direito de cunhar moedas próprias”, explicou o Dr. Avner Ecker, professor de arqueologia clássica, para o Jerusalem Post.

Moeda de 1.800 anos encontrada em Israel

Moeda de 1.800 anos encontrada em Israel (Foto: Reprodução/Autoridade de Antiguidades)

Já o soldado que entregou o objetivo, Ido Gardi, recebeu um certificado de agradecimento pela boa cidadania quando fez a entrega à Autoridade de Antiguidades de Israel.

“Vale ressaltar que as antiguidades são tesouros nacionais. É proibido buscá-los ativamente e qualquer achado casual deve ser comunicado à autoridade”, disse Nir Distelfeld, inspetor da entidade responsável por artefatos históricos israelenses.

“Iremos transferir a moeda descoberta para o Departamento do Tesouro Nacional, esperançosamente acrescentando mais dados e enriquecendo a pesquisa acadêmica com outras evidências do passado”, completou.

Ao estudar melhor a moeda por meio de uma ciência chamada numismática, os arqueólogos e historiadores acreditam que conseguirão saber mais sobre a economia da cidade em que ela foi cunhada. Além disso, a descoberta pode ajudar a identificar quais outras cidades a unidade monetária era aceita.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending