Siga-nos!

Sociedade

“Periguete convertida” será primeira “mocinha evangélica” de novelas da Globo

Humorista Tatá Werneck interpretará moça pobre que muda de vida após conversão.

Avatar

em

Publicidade

A atriz Tatá Werneck é considerada uma das grandes revelações do humor nos últimos anos. Ele fazia programas na MTV que despertaram o interesse de outras emissoras. Tatá ganhou destaque com personagens como Fernandona, Taty Periguete e Roxanne.

Depois de muita insistência, ela assinou contrato com a Rede Globo e deve ser uma das atrações da novela “Amor à Vida”, de Walcyr Carrasco, que irá substituir “Salve Jorge” a partir de 10 de junho. Ela havia recebido um convite para ter um programa no Multishow, mas preferiu a novela.

Leia mais...

Continua depois da Publicidade

Será sua primeira personagem e, segundo as agências, na primeira parte da trama, Tatá será uma “periguete”. Interpretando a filha de Elizabeth Savalla, uma ex-vedete que odeia Rita Cadilac. Moça pobre, será incentivada pela mãe a fazer qualquer coisa para “se dar bem” e subir na vida.

Segundo foi divulgado, ela tentará, sem sucesso, engravidar de pagodeiros e de jogadores de futebol famosos. Contudo, terá uma experiência de conversão e mudará de vida no meio da novela. E pode se transformar em uma famosa cantora gospel.

Walcyr Carrasco já disse que pretende “mostrar que a descoberta de uma religião pode levar à concepção correta de felicidade”.

Em princípio, a primeira “mocinha evangélica” de uma novela não será tratada de forma pejorativa, mesmo que sua intérprete seja humorista.

Continua depois da Publicidade

Aparentemente, esse é um resultado das reuniões de diretores da Globo com líderes de igrejas evangélicas. Seria um pedido do pastor Silas Malafaia e do bispo Robson Rodovalho, que gostariam de uma maior aproximação da emissora com o público evangélico. Isso tem sido visto em participação de artistas evangélicos em programas da emissora, além da parceria no “Festival Promessas”.

Publicidade