Siga-nos!

Missionários brasileiros desenvolvem trabalho com crianças no Níger

Realidade do povo nigerino inspirou a criação de um projeto

Avatar

em

Alexandre e Giovana Canhoni com crianças do Níger
Publicidade

Os missionários brasileiros Alexandre (Xand) e Giovana Canhoni estiveram num programa da Bandeirantes, onde testemunharam  sobre seu ministério na África.

O projeto Esperança, criado por eles, ajuda mulheres e crianças necessitadas, principalmente no Níger, país no Norte da África. Sua população está entre as mais pobres do mundo, onde o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é realmente baixo.

Leia mais...

Continua depois da Publicidade

O país enfrenta sérios problemas por estar localizado num terreno desértico. Além da extrema pobreza, a população sobre com falta de infraestrutura e a degradação ambiental. Foi durante uma visita ao Níger, que o casal de missionários decidiu fazer “algo mais” por aquele povo.

“O Níger mudou completamente a minha vida, mudou também o que eu pensava e a minha maneira de olhar o mundo”, disse Giovana. “No Brasil a gente tem uma cultura de ‘reclamar da vida’, mas quando a gente vai para o Níger e se depara com realidades sub-humanas, essa cultura muda”, continuou.

Projeto missionário

Estar de frente com alguns dos seres humanos mais pobres do mundo e ver crianças sobrevivendo, sem nenhuma expectativa de vida, inspirou os missionários brasileiros a dar início ao projeto Esperança.

“Fomos lá para uma viagem voluntária e temporária. Não consegui voltar para o Brasil sem antes pensar que podíamos fazer parte da história deles e eles da nossa”, lembrou a missionária. Há 15 anos, o casal acolheu um grupo de nigerinos. “Paramos de viver só pra gente e começamos a fazer algo por algumas pessoas”, explica.

Grandes desafios

Continua depois da Publicidade

“O calor ainda é o maior desafio, no verão chega a 60 graus. O deserto do Saara é super seco e super quente”, relata. Apesar de tudo, Giovana e Alexandre cuidam de uma grande família.

“Temos 19 filhos adotados. No dia a dia, além do convívio, tem a parte do profissionalismo, do ensino e devocional com todos”, conta Xand. Os filhos já crescidos ajudam nas atividades. Dois deles já vieram ao Brasil para ter uma experiência internacional.

Ele comemora a mudança na vida dos filhos. “Além dos projetos voluntários, alguns dos nossos filhos são técnicos da escolinha de futebol. Um deles estudou administração e outros são cozinheiros, costureiros e cabeleireiros”, relata, orgulhoso. “São quase 16 anos de caminhada e já temos lá 4 creches e 11 projetos de nutrição”, destaca.

Continua depois da Publicidade

Mais informações sobre o trabalho do casal podem ser encontradas em seu site oficial: www.agdniger.com

Assista!

Publicidade

Cris Beloni é jornalista, teóloga e pesquisadora apaixonada pela Bíblia. Desenvolveu um trabalho de Jornalismo Investigativo Bíblico e é autora do livro Derrubando Mitos.

Publicidade