Siga-nos!

Sociedade

MP abre inquérito contra a Globo após “aula” de aborto em novela

Inquérito quer saber se emissora “ensinou” ou incentivou o ato.

em

Nana (Fabiula Nascimento) e Paloma (Grazi Massafera). (Foto: Reprodução / TV Globo)

O Ministério Público Federal  (MPF) abriu inquérito civil para investigar a Rede Globo por promover uma “aula” pró-aborto no último sábado  (19), em um capítulo da novela “Bom Sucesso”.

Segundo o site Notícias da TV, o órgão decidiu investigar a emissora após reclamações nas redes sociais, quando internautas constataram a cena de apologia ao crime de aborto na telenovela.

O MPF quer saber se a Globo quebrou o termo de classificação indicativa ao apresentar a cena abortista. O inquérito também investigará se a emissora “ensinou” ou incentivou o ato.

“As emissoras deveriam observar na sua programação as cautelas necessárias às peculiaridades do público infanto-juvenil”, disse o procurador em nota enviada à imprensa.

No trecho da novela, uma das personagens diz: “Pensando bem, ainda não é um bebê. É só um embrião. Não tem sistema nervoso, não tem coração, não é nem um humano ainda”.

Publicidade