Siga-nos!

Mundo Cristão

Ministério ensina costura enquanto discipula e alfabetiza mulheres no Paquistão

Com ofício e alfabetizadas essas mulheres poderão ajudar suas famílias, uma vez que a opressão contra cristãos limita o trabalho que os homens podem realizar

em

Ministério FMI. (Foto: FMI)

Através do Discipulado das Mulheres, o ministério FMI tem ensinado costura e alfabetização para mulheres no Paquistão, uma iniciativa missionária que tem servido para combater a perseguição religiosa naquele país.

“No Paquistão, os homens cristãos só têm permissão para trabalhar em esgotos. Então, essas mulheres querem ajudar seus maridos porque seus salários são muito baixos”, explica Nehemiah que é parceira do ministério FMI.

Ocupando o 5º lugar na Lista de Perseguição Religiosa do Portas Abertas, o Paquistão é um país com forte opressão islâmica contra cristãos, o que dificulta a sobrevivência de minorias religiosas.

Trabalhos como este realizados pelos centros missionários ajudam os cristãos perseguidos a fortalecerem sua fé e a conseguirem lutar por melhores condições de vida.

“Nesses centros, eles não estão apenas aprendendo a costurar vestidos maxi, mas também aprendendo a ler a Bíblia”, completa Nehemiah ao dizer que não apenas cristãs, como outras mulheres da comunidade podem participar das aulas.

As mulheres cristãs no Paquistão têm poucas oportunidades de receber uma renda ou serem abertas sobre sua fé. Esses centros de costura abrem as portas para a criação de novas comunidades com aqueles que compartilham sua fé.

O trabalho de alfabetização também é importante, pois no Paquistão apenas 50% das mulheres sabem ler. “Se alguém é capaz de ler e escrever seu próprio nome, é uma pessoa alfabetizada. [Para] cristãos essa [porcentagem] está abaixo de dois dígitos. Se você fala de mulheres, é 1 ou 2%”, diz Nehemiah ao MNN Online.

  • Estudos Bíblicos 1 dia atrás

    Especialista em pregação bíblica ensina elaborar sermões impactantes em 30 dias