Siga-nos!

Internacional

Milhares de mulheres são queimadas vivas na Índia

A maioria dos casos está relacionada a questões de dotes de casamento

Avatar

em

Mulheres indianas

Anualmente, cerca de 8 mil mulheres são queimadas vivas na Índia. A informação é de uma organização cristã chamada India Partners, que trabalha junto às agências de bases indígenas no país.

Um dos representantes da organização, identificado apenas como John, disse que a imagem feminina é desvalorizada por grande parte da sociedade indiana. “Não só por homens, mas as próprias mulheres se enxergam numa posição inferior e não entendem seus direitos como ser humano”, explicou.

Muitos casos de ataques com fogo resultam em mortes e estão ligados a disputas de dote e casamento em distritos rurais. O que ocorre é que antes do casamento existe um acordo entre as famílias. A família da noiva geralmente paga o dote à família do noivo.

“Depois do casamento, a família do noivo obriga a mulher a pedir mais dinheiro, então começam as ameaças. Se o dinheiro não é obtido elas são espancadas. A regra de ouro é: quanto mais dinheiro você quer, mais você precisa bater”, conta John a Mission Network News.

Incidentes onde a noiva é queimada acontecem com mais frequência em distritos rurais como Uttar Pradesh, porque os culpados são menos propensos a serem processados. “Porém, esse tipo de violência acontece em todos os lugares”, disse.

John também mencionou que isso ocorre independente da casta à qual a mulher pertence, se tem boa educação ou não. Além disso, as indianas estão cada vez mais vulneráveis a estupros e homicídios. Embora continue acontecendo vários protestos e marchas reivindicando uma solução, nenhuma providência foi tomada pelos governantes.

O jornal Sidney Herald, da Austrália, foi um dos poucos meios seculares a abordar o assunto.  O periódico destacou o estudo da dra. Avnita Lakhani, professora Direito do City University de Hong Kong. Desde 2005 ela vem denunciando a prática ancestral no país, que é convenientemente ignorada pelas autoridades.

Cris Beloni é jornalista, teóloga e pesquisadora apaixonada pela Bíblia. Desenvolveu um trabalho de Jornalismo Investigativo Bíblico e é autora do livro Derrubando Mitos.