Siga-nos!

Internacional

Mike Pence é criticado por admitir que ora pelos que o perseguem

Vice-presidente dos EUA diz que família aprendeu a lidar com as críticas.

Michael Caceres

em

Mike Pence
Mike Pence. (Foto: REUTERS/Kacper Pempel)

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, respondeu de maneira enfática sobre como reage em relação aos críticos que o perseguem: “Não. Eu passo mais tempo de joelhos do que na internet”.

Fala foi proferida em um evento organizado pela Alliance Defending Freedom, causando reações nas redes sociais, com muitas críticas ao político por sugerir que ora por aqueles que o perseguem.

Apesar das críticas, Pence enfatizou que como cristão ele precisa orar tanto pelos entes queridos, como pelos inimigos, pois esse um mandamento bíblico.

“Como um crente cristão, somos cobrados a orar pelos nossos entes queridos, mas também oramos pelos nossos inimigos”, disse ele, de acordo com The Hill.

O vice-presidente americano também falou sobre ataques pessoais que sua família enfrentou daqueles que discordam com eles.

Sua esposa Karen chegou a receber críticas por ensinar em uma escola cristã conservadora, mas que sua família teve que passar por um longo processo de aprendizado para perdoar aqueles que os julgaram terrivelmente mal.

Publicidade