Siga-nos!

igreja perseguida

Menina cristã sequestrada é forçada a se casar e se converter ao Islã

Menina de 14 anos foi sequestrada na escola e forçada a casamento islâmico.

em

Chashman Masih, 14 anos
Chashman Masih, 14 anos (Foto: Reprodução/God Reports)

Quando a filha de 14 anos de Gulzar Masih não voltou para casa da escola em Faisalabad, Paquistão, em 27 de julho, ele e  seu irmão partiram para encontrá-la. Chegando à escola descobriram que ela já estava fechada. Eles procuraram freneticamente por sua filha, Chashman, nas ruas e estradas que levam à sua casa alugada. Eles foram para as casas de parentes, mas ela também não estava lá.

Foi quando Masih telefonou para a polícia e registrou uma queixa de pessoas desaparecidas naquela noite. Ele fez visitas repetidas à delegacia de Samnaabad, em Faisalabad, mas as autoridades demoraram a agir sobre seu caso. Eles convenceram a polícia a recuperar o registro de dados de chamadas de um cartão SIM em um telefone que sua filha estava usando para fins de estudo.

“Quando a polícia recuperou os dados da chamada, foi revelado que Chashman havia recebido uma ligação de um número desconhecido no dia em que desapareceu. O oficial de investigação nos disse que o telefone tinha sido desligado e eles não podiam rastrear sua localização”, disse Masih.

No dia seguinte, eles receberam imagens no telefone de uma carta de conversão islâmica, certidão de casamento islâmica (Nikahnama) e uma declaração aparentemente assinada por Chashman de que ela havia se convertido voluntariamente ao Islã e se casou com um muçulmano chamado Muhammad Usman. As imagens foram recebidas do mesmo número desconhecido observado nos registros de chamadas de Chashman.

“Pedimos à polícia que pelo menos recuperasse Chashman e perguntamos em que circunstâncias ela havia deixado sua casa, mas eles não estão nos ouvindo. Dizem que ela mudou sua e casou por vontade própria, então não há nada que eles possam fazer. Mas minha filha tem apenas 14 anos – ela é apenas uma criança que cometeu um erro ao cair na armadilha de um homem muito mais velho”, disse Mashi.

Casamento infantil é crime sob as leis do Paquistão, mas embora a lei paquistanesa reconheça a relação sexual com uma garota menor de 16 anos com ou sem seu consentimento como estupro punível com morte, os tribunais têm repetidamente sustentado que o casamento de uma menina muçulmana menor de idade não pode ser considerado inválido porque a lei islâmica sustenta que uma garota que chegou à puberdade pode se casar.

O sequestro de Chashman faz parte de uma crescente lista de meninas cristãs menores de idade que foram convertidas à força e casadas com seus sequestradores muçulmanos, particularmente nas províncias de Punjab e Sindh.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending