Siga-nos!

igreja perseguida

Menina cristã de 13 anos é forçada a se casar e convertida ao Islã

Polícia de Karachi, no Paquistão, ignorou a denúncia feita pela família.

Avatar

em

Arzoo Raja
Família de Arzoo Raja (Foto: Reprodução/Morning Star News)

O sequestro de uma menina cristã de 13 anos em Karachi, no Paquistão, está sendo ignorado pela polícia local, já que ela foi forçada a se casar com um homem de 45 anos cujos dois irmãos são policiais.

Segundo o Morning Star News, ela foi sequestrada por um vizinho da família que é católica no dia 13 de outubro, e sua família foi à polícia naquele mesmo dia, disse o pai, Rafa Lal. A menina se chama Arzoo Raja e está sendo mantida em cativeiro.

“Quando não conseguimos encontrar Arzoo, registramos um caso de sequestro na delegacia de polícia local”, disse Lal. “No dia 15 de outubro, fomos chamados à delegacia, onde nos mostraram documentos que afirmavam que Arzoo tinha 18 anos e se converteu voluntariamente ao islamismo após se casar com Ali Azhar”, continuou.

Ele conta que ao procurar a polícia, os agentes não mostraram interesse em prender o acusado, ainda que os registros da Autoridade Nacional de Banco de Dados e Registro (NADRA) mostrando a idade de Arzoo de 13 anos, já que nasceu em 31 de julho de 2007.

No país, manter relações sexuais com menores de 16 anos é crime e pode levar a prisão por 10 anos ou pena de morte. Como o caso é de estupro e cativeiro, é possível que o homem fosse condenado a morte caso viesse a julgamento.

Para o ativista dos direitos cristãos e sociais, Ghazala Shafique, a polícia não está se esforçando em solucionar o caso, fazendo pouco em favor da família da vítima.

“Dois irmãos dos acusados ​​são policiais e estão usando sua influência para protegê-lo”, disse Shafique ao Morning Star News. “O advogado [Noor Naz] Agha trouxe isso ao tribunal durante a audiência no sábado [outubro 24] e também exigiu que Ali e todas as outras pessoas envolvidas no caso, incluindo o clérigo que assinou a conversão islâmica e as certidões de casamento da menina cristã menor, fossem presos e julgados por seu crime”, continuou.

Este não é o primeiro caso em que uma menina é forçada a se casar e se converter ao islamismo. Em outubro de 2019, Huma Younas, de 14 anos, foi sequestrada e convertida à força ao Islã.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending