Siga-nos!

Sociedade

MC Anitta: Do coral da igreja para o funk

Mc Anitta largou a igreja e um emprego fixo e para seguir carreira na música

Avatar

Publicado

em

Publicidade


Em 2010, aos 17 anos, ela ganhou o troféu “Revelação do funk” e já foi apelidada de a “Beyonce do Funk”. Agora, aos 20, MC Anitta consolida sua carreira musical com a famosa equipe de MCs Furacão 2000.

Ela esconde o nome verdadeiro a sete chaves, explicando que escolheu o artístico por causa da famosa minissérie da TV Globo, “Presença de Anita”. Quem a vê fazendo o estilo “ninfeta sedutora” nunca poderia imaginar que ela começou a cantar no coral de uma igreja.

Publicidade

Leia mais...

“O meu avô me levava para a igreja, e eu cantava no coral. Foram quase dez anos na igreja. Sempre fui muito saidinha, desde criança. Quando tinha concurso de dança, eu me inscrevia e ganhava”, lembra Anitta

O coral que ela participava cantava na igreja todos os domingos, mas acabou tendo de fazer uma opção. “Quando a gente canta em igreja, não é uma coisa profissional, é por amor. A gente canta pela fé e não ganha nada para isso. Sempre gostei de baile funk e sempre frequentei… Mas quando comecei a ir para o baile, já não conseguia acordar cedo para ir à igreja”, explica.

Publicidade

Ela pensava em seguir a carreira de administração na grande mineradora onde trabalhava até decidir ser funkeira. Mas se a carreira não der certo, revela ter um plano B, “Posso fazer faculdade de administração. Mas se der certo, também quero fazer comunicação social”, diz.

A funkeira também já foi professora de dança de salão. “Eu dava aula de dança de salão para turmas da terceira idade e adorava. Mas confesso que gosto é do batidão do funk”, explica.

A história de Anitta no funk começou quando resolveu gravar um vídeo e postar no Youtube, prática comum hoje em dia e que já revelou, por exemplo, Justin Bieber. “O vídeo teve muitos acessos, e um produtor musical da Furacão entrou em contato comigo. Logo gravei o hit ‘Eu vou ficar’. Essa música ficou estourada, e depois gravei ‘Proposta’, que também ficou em primeiro lugar nas rádios do Brasil”, contou.

Publicidade

Juntos, todos os seus vídeos beiram um milhão de visualizações no Youtube.  Ela garante que usa a internet para estar sempre em contato com os fãs. No Twitter a cantora já contabiliza quase 3.000 seguidores. Acompanhada de duas bailarinas profissionais, ela levanta os bailes com uma mistura de hip-hop e funk e coreografias que lembram Beyoncé. Ela quer se destacar no seu meio e canta músicas em inglês em seus shows. “Me inspiro em artistas como Beyoncé, Rihanna, Shakira e Lady Gaga… Meu show faz muito sucesso… não é um show de funk qualquer”, afirma.

Muitos músicos de sucesso já fizeram essa trajetória da igreja para as pistas de dança em todo o mundo. Alguns dos mais famosos são Jerry Lee Lewis, Whitney Houston, Tony Braxton e, mais recentemente, Katy Perry.




Gosta do nosso conteúdo? Considere ajudar nosso ministério! Saiba mais em apoia.se/gospelprime


Comente!
Publicidade
    Publicidade
    Publicidade

    Trending