Siga-nos!

Sociedade

Mara Maravilha se apresenta em boate e pede perdão aos gays

Em 2013 a cantora se envolveu em uma polêmica ao defender o projeto “cura gay”

Avatar

em

Publicidade

No último final de semana a cantora Mara Maravilha se apresentou em uma boate gay relembrando seus sucessos da década de 80. A cantora evangélica aproveitou o momento para pedir perdão aos homossexuais e explicar que não é homofóbica.

“Nunca tive nenhuma intenção de desrespeitar e magoar ninguém, mas se de alguma forma alguém se sentiu ofendido, peço perdão”. O pedido aconteceu por conta de uma declaração de Mara ao programa Morning Show dada em 2013 quando a ex-apresentadora infantil disse que era a favor do projeto chamado pejorativamente de cura gay.

Leia mais...

Continua depois da Publicidade

Na época Mara Maravilha foi duramente criticada e precisou explicar que não tinha chamado os gays de aberração. “Nunca disse que gay é aberração! Não levanto nenhuma bandeira política oportunista. Em todas estas calúnias contra mim, o que vai prevalecer é a minha conduta de respeito e amor ao próximo, sem fazer acepção de pessoas”, disse ela.

Diante do público gay a cantora fez questão de repetir que não tem nada contra a escolha sexual das pessoas e afirmou que estava na boate por acreditar que nunca agiu com preconceito com aquele grupo.

“Me disseram que não era para eu vir aqui, que vocês não me amavam, mas mesmo estando há 3 dias com uma forte gripe, que quase me impediu de vir, estou aqui porque tenho convicção que da minha parte nunca houve nenhum preconceito, porque o meu Deus se chama amor”, disse ela diante da plateia.

Assista:
[youtube code=”oLFD7rIJH_o”]
[youtube code=”UwQUrSexsoA”]

Publicidade