Siga-nos!

Israel

Mar Morto e Rio Jordão “estão desaparecendo”, garantem especialistas

Desastre ambiental tem vários fatores: extração da água para consumo e extração de minerais

Publicado

em

Publicidade

O Mar Morto, o Mar da Galileia e o Rio Jordão estão desaparecendo rapidamente, segundo especialistas, indicando um grande desastre ambiental.

O ecologista do Mar Marto, Ofir Katz, fez um alerta sobre os riscos que a natureza corre por conta da influência humana. “É uma lição para todos: não mexa com a natureza porque a natureza sempre vencerá e sempre perderemos”.

Dados da Sky News informam que o Mar Morto perde até 1,5 metros de água por ano. Em meados do século, ele será reduzido a “uma pequena piscina”, dizem os cientistas.

“Se continuarmos tomando água fresca da natureza, do Mar da Galileia, do Eufrates, por exemplo, ou do Nilo, acabaremos arruinando o meio ambiente local”, explica Katz.

O Rio Jordão também corre riscos, cientistas lembram que ele já teve uma água forte e hoje está reduzido a um gotejamento. O alerta é para um “desastre ambiental em câmera lenta”.

Publicidade

Com o aumento da população e a necessidade de água, além das fábricas extraindo minerais e evaporando a água do rio, o encolhimento acaba acontecendo e o resulto é irreversível.

“Produza mais água no Mediterrâneo, produza energia renovável nas áreas desérticas e crie interdependências saudáveis entre israelenses, palestinos e jordanianos primeiro. Ou vamos ver potencialmente mais conflitos surgindo desses recursos hídricos cada vez mais escassos”, indica o ambientalista Gidon Bromberg, da Eco Peace.

Publicidade
Comente!

Trending