Siga-nos!

Sociedade

Manifestações em favor da Lava Jato são marcadas por fé e orações

Orações, versículos e apoio a autoridades marcam atos deste final de semana.

Michael Caceres

em

Manifestações pró Lava Jato em São Paulo. (Foto: Nelson Almeida/AFP)

As manifestações de apoio à Operação Lava Jato, reforma da Previdência e pacote anticrime proposto pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, neste domingo (30) foram marcadas por fé e defesa de pautas conservadoras. Pelo menos 26 estados e no Distrito Federal houve manifestações, alcançando um total de 96 municípios.

Com as cores verde e amarelo, manifestantes aproveitaram os atos para orar pelo país e defender questões sensíveis a sociedade, como o aborto e a interferência do Supremo Tribunal Federal (STF) em questões que deveriam ser abordadas exclusivamente pelo Poder Legislativo.

O principal personagem das manifestações foi o ex-juiz Sergio Moro, que era responsável pela Lava Jato em Curitiba e passou a ser alvo de críticas devido a um conteúdo vazado ilegalmente pelo site The Intercept, comandado pelo jornalista de esquerda Glenn Greenwald.

Manifestantes também defenderam os membros do Ministério Público (MP), como o procurador Deltan Dallagnol, que comanda a operação e também foi alvo de vazamentos de conversas obtidas por hackers. Os atos foram convocados por movimentos sociais, como o Nas Ruas, Vem Pra Rua e Movimento Brasil Livre (MBL).

Segundo informou a Folha de São Paulo, durante os atos foi cantado o hino nacional e feito orações em favor dos governantes e autoridades. Alguns manifestantes também estampavam citações bíblicas e carregavam cartazes com mensagens de fé.

Os manifestantes ainda usaram o momento para reforçar o apoio ao governo Bolsonaro, pressionando o Congresso Nacional e o STF a não boicotarem os projetos do presidente da República. Algumas autoridades políticas, como os filhos de Bolsonaro, participaram das manifestações.

No Twitter, o presidente comentou as manifestações. “Aos que foram às ruas hoje manifestar seus anseios, parabéns mais uma vez pela civilidade. A população brasileira mostrou novamente que tem legitimidade, consciência e responsabilidade para estar incluída cada vez mais nas decisões políticas do nosso Brasil”, escreveu.

Sergio Moro também usou o Twitter para agradecer o apoio a Lava Jato e ressaltar que os atos expressam o anseio por mudanças no país. “Eu vejo, eu ouço. Lava Jato, projeto anticrime, previdência, reforma, mudança, futuro”, disse.

Publicidade