Siga-nos!

política

Malafaia defende contagem pública de votos em apoio ao voto auditável

O pastor questiona a posição de Barroso e da esquerda em se opor a dar mais segurança para a população.

em

Silas Malafaia e Jair Bolsonaro
Silas Malafaia e Jair Bolsonaro durante encontro (Foto: Isac Nóbrega/Presidência da República)

Nesta quinta-feira (8), será a votação da PEC sobre o voto auditável. Apesar da mobilização contra a proposta iniciada pelo ministro Luís Roberto Barroso, o pastor Silas Malafaia comentou sobre o assunto em um vídeo.

O líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) lembrou que no passado projetos semelhantes já foram aprovados e posteriormente o STF os derrubou.

“Essa questão é séria e grave. Em 2009, o Congresso Nacional aprovou o voto impresso, e a desculpa mais esfarrapada do Supremo Tribunal Federal para solapar aqueles que representam o povo é que ‘vai gastar muito dinheiro’, ‘não dá tempo’”, iniciou.

Igualmente, ele observou a postura do ministro Barroso de estar correndo atrás de todos para impossibilitar a implementação do voto impresso. “Agora, escutem o que eu vou dizer para vocês: toda contagem de voto tem que ser pública. A apuração em segredo já é uma fraude. O boletim de urna só dá resultado”, acrescentou.

Defesa ao voto impresso

Malafaia deu o exemplo  de uma reunião de síndicos de um prédio, onde você chega com sua urna, todo mundo vota, você leva para casa para fazer a contagem e só depois apresenta o boletim. Para ele, é o que acontece nas eleições brasileiras.

O pastor também citou a oposição da esquerda ao voto impresso, dizendo que é muito engraçado eles não serem a favor de uma medida que iria trazer mais segurança para o povo brasileiro, e lembrou que em 2020 a apuração ficou parada por três horas.

“Pense, povo brasileiro! Por algum acaso o Brasil tem mais tecnologia que Japão, Israel, Estados Unidos, Alemanha, Europa? Lá não tem voto com contagem eletrônica”, questionou Malafaia.

Sobre o assunto, o economista e jornalista Rodrigo Constantino comentou em seu canal que os técnicos e especialistas são quase unânimes em dizer que o sistema atual das urnas eletrônicas não é seguro. Até porque quase nenhum país do mundo adota o nosso sistema, pois ele não é auditável.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending