Siga-nos!

Mundo Cristão

Mais velhos são mais propensos a se identificarem como cristãos

Os mais jovens oram menos e frequentam menos as igrejas, segundo pesquisa do Barna FaithView

em

Senhora com as mãos na Bíblia. (Photo by Raul Petri on Unsplash)

Uma pesquisa realizada pelo Insituto Barna, nos EUA, mostra que quanto mais velho, mais propensa é a pessoa de se identificar como cristã e a praticar o cristianismo.

A pesquisa intitulada “FaithViews” mostra como é o relacionamento dos norte-americanos com a fé.

Enquanto 80% dos boomers (geração de nascidos entre 1946 e 1960) se identificam como cristãos, apenas 73% da geração X (1961 a 1981) e 64% dos millennials se identificam com o cristianismo.

A diferença é ainda maior quando questionados sobre ser um cristão praticante, com frequência de participação em cultos, orações e leituras da Bíblia. Entre os idosos 37% praticam a fé, entre os boomers 30%, a geração X apenas 26% e os millennials apenas 22% são praticantes.

“Adequadamente, vemos uma diferença geral de 9% entre os cristãos anciãos (66%) que concordam fortemente que sua fé religiosa é muito importante em sua vida e os millennials (57%) que dizem o mesmo”, diz o estudo.

Embora as gerações mais jovens sejam menos propensas a se afiliar ao cristianismo, os cristãos mais jovens ainda mostram sinais de fidelidade semelhantes aos seus pares mais velhos na Igreja. Através de vários marcadores de disciplina espiritual.

O estudo diz ainda que cristãos de todas as idades relatam alta participação na oração, mesmo no grupo “espiritual, mas não religioso” que é um grupo em crescimento nos EUA. Entre os cristãos autoidentificados em geral, Elders (nascidos antes de 1946) and Boomers lideram em relatar um hábito semanal de oração (84% cada), seguido por Gen X (82%) e Millennials (78%).

A mesma tendência ocorre para cristãos praticantes, com a maior participação entre os Boomers e Elders (93% e 90%, respectivamente) e taxas ligeiramente mais baixas para as gerações mais jovens (87% Gen X, 86% Millennials).

Publicidade