Siga-nos!

mundo

Mais de 30 estados americanos querem proibir trans em esportes femininos

Protetores dos direitos das mulheres aplaudem a decisão dos governadores.

Avatar

em

Hannah Mouncey é atleta trans da seleção australiana feminina de handebol. Será que é preciso dizer quem é ela na foto
Hannah Mouncey é atleta trans da seleção australiana feminina de handebol (Foto: Reprodução/Twitter)

Projetos de lei que proíbem jovens transgeneros a participarem dos esportes femininos foram introduzidos por mais de 30 estados dos Estados Unidos, formando um senso comum.

Os governadores de Idaho, Alabama, Arkansas, Tennessee, Mississippi e West Virginia já assinaram projetos de lei que restringem os alunos transgeneros de competir em equipes esportivas femininas nas escolas públicas.

Sob o mesmo ponto de vista, a governadora de Dakota do Sul, Kristi Noem, emitiu uma ordem executiva semelhante. Da mesma forma Ron DeSantis, governador da Flórida prometeu assinar uma medida como lei.

“Oh sim, nós vamos proteger nossas meninas”, disse DeSantis à Fox News. “Temos uma filha de 4 anos e uma filha de 1 ano e ambas são muito atléticas. E queremos ter oportunidades para as nossas meninas. Elas merecem um campo de jogo equilibrado”.

Contudo, as medidas vão contra a política do presidente Biden que alterou os direitos das mulheres com uma ordem executiva que prioriza os direitos dos transgeneros, para a abertura de banheiros, vestiários e esportes a todos os alunos independente de seu gênero.

Oposição a política de Biden sobre os esportes femininos

Da mesma forma que os republicanos, Beth Stelzer, da Save Women’s Sports, está concordando com os projetos de lei nos estados:

“Acho que é uma coisa incrível. O que mais podemos fazer como mulheres para proteger nossos direitos, e homens e mulheres não partidários, todos nós podemos ver que isso é apenas uma questão de bom senso. É uma coisa realmente boa”, disse ela.

O que mais chamou a atenção da mídia, foram os comentários da transgênero Caitlyn Jenner, medalha de ouro olímpica e candidata ao governo da Califórnia. Para ela, proibir os meninos biológicos de competir com as meninas “é uma questão de justiça”, segundo o CBN News.

“É por isso que me oponho aos meninos biológicos que são trans competindo em esportes femininos na escola. Simplesmente não é justo. E temos que proteger o esporte feminino em nossas escolas”, disse Jenner.

Você pode gostar
Será que o público entende quando você prega?
Adquira o curso que é focado em desenvolver e destravar a Oratória de futuros Líderes Cristãos.
SAIBA MAIS! »

Termine o ano memorizando a Bíblia!
Memorize os livros da Bíblia e suas passagens de um jeito super dinâmico. Fortaleça sua fé para comunicar a Palavra de Deus do jeito fácil!
SAIBA MAIS! »

Se capacite em administrar melhor suas finanças!
Veja como você pode ser mais próspero financeiramente à luz da Palavra de Deus.
SAIBA MAIS! »

Trending